Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Infelizmente

O ex-presidente da ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, José Adelino Guerra, morreu, na sexta-feira, após de ter caído de uma altura de seis metros, ao sair do trabalho, na Biblioteca Municipal de Coimbra. Aos 60 anos, casado e com dois filhos, era coordenador do Serviço de Leitura para Deficientes Visuais. Infelizmente foi vítima de um buraco, que ninguém se lembrou de sinalizar e proteger devidamente. Infelizmente acabou por morrer vítima daquilo que tentou a vida inteira que não  existisse: a discriminação de quem é cego.
No entanto o buraco poderia ter vitimizado qualquer outra pessoa, mesmo que não fosse cega, pois qualquer um se poderia sentir mal naquele lugar e cair tal como aconteceu. Desta forma o que é triste aqui, é o desrespeito pelas normas de segurança. Ao pensarmos naqueles que são diferentes, pensamos também em nós, pois ninguém está livre de semelhante fatalidade independentemente se é portador de deficiência ou não. Espero que com este infeliz acontecimento, quem faz obras públicas, intervem ou cuida destes espaços, ponha mais a mão na consciência e passe a pensar um pouco mais naqueles que são diferentes, pois ao pensar neles estará não só a protegê-los, mas estará a proteger todos nós.


 








segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Dia Internacional das Pessoas com Deficiência



Dia super especial, para lutar pela consciencialização da diferença, que infelizmente muitos não compreendem, mas à qual ninguém deveria ser indiferente, pois pode bater à porta de qualquer um.




sábado, 1 de dezembro de 2012

BUU!!! Um dia para esquecer

Pois, e ontem foi um dia para esquecer. Tudo começou na quinta-feira, assim que fui buscar o David à escola, ele vomitou no carro. Depois não conseguiu comer mais nada e no final do dia, oops, outra vez vomitar, desta vez na cama da mãe. Depois de parecer que tudo estava melhor, na sexta o David acordou todo sujo, desta vez com diarreia, já deu para contabilizar a minha trabalheira, carro para limpar, cadeira de transporte para lavar, roupas das camas, colchões...mas infelizmente este não foi o menor dos meus problemas, o David acabou por vomitar mais durante a manhã e teve que mudar mais umas quantas fraldas. A manhã acabou com o David no Hospital, e o dia acabou também com o David no hospital. enfim, o nosso rapaz teve que ficar a soro o resto do dia para se restabelecer, que a coisa ficou mesmo complicada. A pele seca, mudou de cor, as olheiras, perdeu peso e já quase nem dava para tirar sangue, devido a ter perdido tantos liquidos. Mas fiquei impressionada, o rapaz portou-se tão bem, está a crescer sem dúvida! Agora tudo está melhor, uma dieta e tudo voltará ao normal, mas não foi fácil. É claro que a mamã e o papá não pararam o dia inteiro, mas ficou tudo limpinho e lavadinho...!