Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Exposição Pinceladas por David - Convite




Pois é, apesar de em dois locais diferentes, esta é a mesma exposição, Pinceladas por David, para angariação de verba necessária para a recolha e armazenamento das células estaminais do David, uma parte dos meus trabalhos encontram-se expostos no Bowling e a outra na Casa da Música de Óbidos. É também a minha primeira exposição após conclusão da Licenciatura de Artes Plásticas. Não foi fácil, houve momentos em que pensei que não iria ser capaz, não só por causa do David, mas por outras circunstâncias da David, quer também pelo grau de exigência do curso, sobretudo neste último ano. Mas foi sem dúvida muito bom e recompensador e estou muito feliz por isso.

Células Estaminais

Pois é, e por falar em dentinhos e na altura de mudar dentinhos, e depois de ter andado a fazer algumas pesquisas, tomei a decisão de recolher as células estaminais do David.  Dadas as recentes investigações e avanços na medicina, tive conhecimento que já existem alguns projetos na área neurológica, e nomeadamente na área de recuperação de avc, tanto no Brasil, China, como também na Universidade de Glasgow na Escócia. Sendo assim, e como não conseguimos guardar as células estaminais do cordão umbilical, não só por questões de dinheiro, mas também porque o David nasceu de repente, como também por estarmos completamente fora do assunto na altura, ficámos um pouco desapontados por não as termos guardado na altura devida. Talvez não tenhamos ficado apenas desapontados como também tristes. Ainda ponderámos ter outro filho para que as probabilidades de compatibilidade fossem mais elevadas, mas isso seria um processo muito caro visto que as minhas trompas foram retiradas no dia em que o David nasceu. E já estávamos quase a desistir quando surgiu esta nova oportunidade. Recentemente um laboratório descobriu como extrair as células estaminais indiferenciadas ainda existentes na polpa dentária dos dentes de leite e que são iguais às do cordão umbilical e por sorte eu esbarrei com a informação acabadinha de chegar. Desta forma, estou neste momento a juntar a verba necessária para a recolha das células e posterior armazenamento por 25 anos, mas eu tenho esperança que brevemente surja o tratamento adequado para o David e nem sequer seja preciso esperar tanto tempo. O que foi ontem, já não é hoje, e pelo que entendi do que li, à pessoas bem mais velhas que o David a recuperar a sua motricidade e cognição muito acima das expectativas dos cientistas que estão a trabalhar nesta área. Sei que não será a cura total, mas nunca se sabe, no entanto prefiro manter as minhas expectativas mais terra a terra, se o David conseguir adquirir mais equilibrio e começar a nadar, já era uma grande vitória para mim. E tenho acerteza que este comportamento de auto-mutlilação e auto-agressão iria sofrer mudanças drásticas se o David pudesse expandir toda a sua energia de uma forma muito mais positiva, andando, ou quem sabe, correndo. A verba necessária são 1250 euros, por isso deixo acima o convite para duas exposições para me começar a ajudar a juntar a verba necessária. No Bowling vamos sortear algumas telas, pois sei que com esta crise não está fácil! Não percam a oportunidade de ajudar o David e quem sabe todos juntos não conseguimos num futuro próximo por este rapaz a andar...!